Os indicados ao segundo semestre do Prêmio Cesgranrio

Leonardo Netto em 3 Maneiras de Tocar no Assunto: indicado como ator e autor (Foto: Dalton Valério)

O musical A Cor Púrpura recebeu o maior número de indicações (oito) entre os concorrentes do segundo semestre ao Prêmio Cesgranrio de Teatro. O júri – formado por Carolina Virguez, Daniel Schenker, Jacqueline Laurence, Lionel Fischer, Macksen Luiz, Rafael Teixeira e Tania Brandão – também destacou outras encenações, como 3 Maneiras de Tocar no Assunto, Nastácia e Diário do Farol.

Indicados:

ESPETÁCULO
A Cor Púrpura

3 Maneiras de Tocar no Assunto

Diário do Farol

 

DIREÇÃO
Marcio Abreu, por Por que Não Vivemos?

Fabiano de Freitas, por 3 Maneiras de Tocar no Assunto

Miwa Yanagizawa, por Nastácia

 

ATRIZ
Ana Beatriz Nogueira, por Relâmpago Cifrado

Flávia Pyramo, por Nastácia

 

ATOR
Thelmo Fernandes, por Diário do Farol

Leonardo Netto, por 3 Maneiras de Tocar no Assunto

Odilon Esteves, por Nastácia

 

ATRIZ EM MUSICAL

Letícia Soares, por A Cor Púrpura

Flavia Santana, por A Cor Púrpura

 

ATOR EM MUSICAL

Alan Rocha, de A Cor Púrpura

 

TEXTO
Leonardo Netto, por 3 Maneiras de Tocar no Assunto

Miriam Halfim, por Freud e Mahler

 

DIREÇÃO MUSICAL

Tony Lucchesi, por A Cor Púrpura

Marcelo Castro, por O Despertar da Primavera

Ronaldo Fraga, por Nastácia

 

CENOGRAFIA
Ronaldo Fraga, por Nastácia

Natália Lana, por A Cor Púrpura

André Cortez, por Sísifo

 

FIGURINO

Ney Madeira e Dani Vidal, por A Cor Púrpura

Marcelo Marques, por O Despertar da Primavera

 

ILUMINAÇÃO
Rogério Wiltgen, por A Cor Púrpura

Renato Machado, por 3 Maneiras de Tocar no Assunto

Paulo Cesar Medeiros, por O Despertar da Primavera

 

ESPECIAL
Bel Kutner, pela gestão artística da Cidade das Artes

Valéria Monã, pela direção de movimento de Oboró — Masculinidades Negras

Marcia Rubin, pela direção de movimento de 3 Maneiras de Tocar no Assunto