Suassuna – O Auto do Reino do Sol lidera indicações ao Prêmio APTR

Suassuna – O Auto do Reino do Sol: nove indicações (Foto: Marcelo Rodolfo)

Os espetáculos que receberam mais indicações à 12ª edição do Prêmio APTR (Associação dos Produtores de Teatro do Rio) foram Suassuna – O Auto do Reino do Sol (nove), musical da Cia. Barca dos Corações Partidos que mergulha no universo do escritor Ariano Suassuna, Tom na Fazenda (oito), encenação da peça de Michael Marc-Bouchard, e Hamlet (sete), versão da Cia. Armazém para o texto de William Shakespeare. O diretor Amir Haddad será o homenageado.

O Prêmio APTR mantém elementos diferenciais em relação aos demais. Os indicados são escolhidos juntos, sem a divisão entre primeiro e segundo semestre, pelo júri – formado por Bia Radunsky, Daniel Schenker, Lionel Fischer, Luiz Felipe Reis, Macksen Luiz, Maria Siman, Rafael Teixeira, Rodrigo Fonseca, Tania Brandão e Wagner Corrêa de Araújo – e pelo colegiado da APTR, que indica e escolhe o vencedor na categoria Produção. Além disso, o prêmio traz as categorias atriz e ator coadjuvante.

Indicados:

PRODUÇÃO – Agosto, Suassuna – O Auto do Reino do Sol, Tom na Fazenda, Ubu Rei, Um Bonde Chamado Desejo, Vamp, o Musical

ESPETÁCULO – Adeus, Palhaços Mortos, Hamlet, Love Love Love, Suassuna – O Auto do Reino do Sol, Tom na Fazenda

DIREÇÃO – Eric Lenate (Love Love Love), José Roberto Jardim (Adeus, Palhaços Mortos), Luiz Carlos Vasconcelos (Suassuna – O Auto do Reino do Sol), Paulo de Moraes (Hamlet), Rodrigo Portella (Tom na Fazenda)

ATRIZ PROTAGONISTA –  Aline Deluna (Josephine Baker – A Vênus Negra), Débora Falabella (Love Love Love), Guida Vianna (Agosto), Mônica Martelli (Minha Vida em Marte), Patricia Selonk (Hamlet), Yara de Novaes (Love Love Love)

ATOR PROTAGONISTA – Adrén Alvez (Suassuna – O Auto do Reino do Sol), Armando Babaioff (Tom na Fazenda), Ary Fontoura (Num Lago Dourado), Gustavo Vaz (Tom na Fazenda), Ricardo Kosovski (Tripas)

ATRIZ COADJUVANTE – Claudia Ventura (Agosto), Heloísa Jorge (O Jornal – The Rolling Stone), Kelzy Ecard (Tom na Fazenda), Leticia Isnard (Agosto), Lisa Eiras (Hamlet)

ATOR COADJUVANTE – Claudio Mendes (Agosto), Fábio Enriquez (Suassuna – O Auto do Reino do Sol), Mario Borges (Doce Pássaro da Juventude), Renato Luciano (Suassuna – O Auto do Reino do Sol), Rodrigo Pocidônio (Adeus, Palhaços Mortos)

AUTOR – Braulio Tavares (Suassuna – O Auto do Reino do Sol), Gustavo Gasparani (Zeca Pagodinho – Uma História de Amor ao Samba), Luís Alberto de Abreu (Pagliacci), Mônica Martelli (Minha Vida em Marte), Pedro Kosovski (Tripas)

CENOGRAFIA – Aurora dos Campos (Tom na Fazenda), Bijari (Adeus, Palhaços Mortos), Carla Berri e Paulo de Moraes (Hamlet), Marco André Nunes e Marcelo Marques (Guanabara Canibal), Sergio Marimba (Monólogo Público)

FIGURINO – Antônio Guedes (Ubu Rei), João Marcelino e Carol Lobato (Hamlet), Kika Lopes e Heloísa Stockler (Suassuna – O Auto do Reino do Sol), Marcelo Olinto (Zeca Pagodinho – Uma História de Amor ao Samba)

ILUMINAÇÃO – Adriana Ortiz (Monólogo Público), Maneco Quinderé (Hamlet), Paulo Cesar Medeiros (O Jornal – The Rolling Stone), Renato Machado (Guanabara Canibal), Tomas Ribas (Tom na Fazenda)

MÚSICA – Alfredo Del-Penho, Beto Lemos e Chico Cesar (Suassuna – O Auto do Reino do Sol), Felipe Storino (Guanabara Canibal), João Callado (Zeca Pagodinho – Uma História de Amor ao Samba), Marcelo Alonso Neves (Dançando no Escuro)

ESPECIAL- Aniela Jordan, pela gestão e programação do Imperator, Ivan Sugahara, pela curadoria da Sede das Cias., Renato Vieira, pela direção de movimento e coreografia de Zeca Pagodinho – Uma História de Amor ao Samba, Sérgio Saboya, pelo festival Cena Brasil Internacional, Veríssimo Júnior, pelo trabalho no Teatro da Laje

 

 

 

 

Anúncios